Informativo do Sistema Nacional de Anilhamento (1986 – 1995)

Roberto C. Barbosa-Filho, Andrei L. Roos, Raquel C. Alves Lacerda, Joseilson de A. Costa, Getúlio L. de Freitas, Murilo S. Arantes

Resumo


ABSTRACT. Report of the Brazilian National Banding System (1986-1995). This report summarizes the wild bird banding activities with CEMAVE’s bands at Brazil between 1986 and 1995. During this period, 133 banders have marked 202,999 birds, whose 182,109 were ringed at Brazil (89.71%), 20,002 at Antarctica and the rest of it at Uruguay, Colombia, Peru and Argentina. This corresponds to a total of 819 species from 83 families, where 805 species (98.29%) have been banded at Brazil. The most common species were: Thalasseus sandvicensis (18,512), Zenaida auriculata (11,928) and Dendrocygna viduata (11,656). It also presents the data of 2,732 recoveries of birds banded with CEMAVE’s bands in South America, North America, Central America, Oceania, Africa and yet in Antarctica, in that same period. The three most  recovered species were Sula dactylatra (375), Dendrocygna bicolor (372) and Netta peposaca (304).

KEY WORDS. Birds, banding, band recovery, quantitative analysis, Brazil.

RESUMO. Informativo do Sistema Nacional de Anilhamento (1986–1995). Este informativo resume as atividades de anilhamento de aves silvestres com anilhas CEMAVE entre 1986 a 1995. Durante o período, 133 anilhadores participaram da marcação de 202.999 aves, sendo 182.109 no Brasil (89,71%), 20.002 na Antártica e o restante no Uruguai, Colômbia, Peru e Argentina. Foram marcados 819 táxons de 83 famílias, dos quais 805 táxons (98,29%) foram anilhados no Brasil. As espécies com maiores números de anilhamentos foram Thalasseus sandvicensis (Latham, 1787) (18.512), Zenaida auriculata (Des Murs, 1847) (11.928) e Dendrocygna viduata (Linnaeus, 1766) (11.656). Apresenta-se ainda, dados de 2.732 recuperações de aves marcadas com anilhas CEMAVE, ocorridas em 15 países, localizados na América do Sul, América do Norte, América Central, Oceania e África, além da Antártica, neste mesmo período. As três espécies mais recuperadas foram Sula dactylatra Lesson, 1831 (375), Dendrocygna bicolor (Vieillot, 1816) (372) e Netta peposaca (Vieillot, 1816) (304).

PALAVRAS-CHAVE. Aves, marcação, recuperação, análise quantitativa, Brasil.

 


Palavras-chave


Aves; marcação; recuperação; análise quantitativa; Brasil

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Para visualisar/abrir os manuscritos da revista (arquivos PDF) é necessário o software Acrobat Reader. Se você não possui este software, clique aqui para fazer o download da versão atualizada, em português. O software é gratuito e de fácil utilização.

________________________________
Copyright © 2010-2015 CEMAVE/ICMBio.
OJS - Open Journal Systems customizado pelo Núcleo de Tecnologia da Informação/CEMAVE.
Utilizada a tradução do SEER-IBICT para o Português-Brasileiro.

(Recomendamos utilizar o Mozilla Firefox , Google Chrome e resolução mínima 1024 x 768 pixels)