A AVIFAUNA DO PARQUE ESTADUAL DAS FONTES DO IPIRANGA, UM REMANESCENTE DE MATA ATLÂNTICA IMERSO NA ÁREA URBANA DE SÃO PAULO, SÃO PAULO.

Daniel Fernandes Perrella, Daniel Sesso Ferrari, Michele Viana Katayama, Regiane Vieira de Paiva, Fernanda Junqueira Vaz Guida

Resumo


Os objetivos do presente estudo foram caracterizar a atual composição da Os objetivos do presente estudo foram caracterizar a atual composição da avifauna do Parque Estadual das Fontes do Ipiranga (PEFI) e verificar se ela sofreu alterações desde os últimos estudos conduzidos na área. O PEFI é uma das principais áreas verdes do município de São Paulo e abriga 526,38 ha de vegetação nativa totalmente imersa na mancha urbana da cidade. Entre setembro de 2012 e outubro de 2013, foi utilizado o método de transectos lineares para o levantamento das espécies que utilizam o Parque. Registros esporádicos realizados entre 2010 e 2015 também foram considerados. A riqueza total obtida foi de 157 espécies, entre as quais 21 são endêmicas da Mata Atlântica e nove constam em pelo menos uma das listas consultadas de espécies ameaçadas e quase ameaçadas de extinção. O estudo também possibilitou o registro inédito de Ramphocelus carbo para o município. Mesmo isolado há muito tempo, o PEFI ainda desempenha um papel relevante como remanescente de vegetação nativa em meio à paisagem urbana, preservando espécies e interações ecológicas importantes. Embora algumas espécies possivelmente tenham sido extintas ao longo dos anos, a área ainda atua como abrigo e fonte de recursos para várias aves florestais, além de preservar ambientes aquáticos determinantes na diversidade local de espécies. Dessa forma, as características favoráveis para o estabelecimento de uma comunidade de aves que inclui espécies mais restritas ecologicamente, como ameaçadas e endêmicas, salienta ainda mais a necessidade de implementação de atividades que estimulem ações conservacionistas nesta Unidade de Conservação.

Palavras-chave


comunidade de aves; diversidade; PEFI; Ramphocelus carbo; Unidade de Conservação.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Para visualisar/abrir os manuscritos da revista (arquivos PDF) é necessário o software Acrobat Reader. Se você não possui este software, clique aqui para fazer o download da versão atualizada, em português. O software é gratuito e de fácil utilização.

________________________________
Copyright © 2010-2015 CEMAVE/ICMBio.
OJS - Open Journal Systems customizado pelo Núcleo de Tecnologia da Informação/CEMAVE.
Utilizada a tradução do SEER-IBICT para o Português-Brasileiro.

(Recomendamos utilizar o Mozilla Firefox , Google Chrome e resolução mínima 1024 x 768 pixels)