Distribuição Espaço-temporal de albatrozes gigantes Diomedea spp. associados a pescarias de Espinhel Pelágico no Sul e Sudeste do Brasil

Gabriel Canani, Augusto Silva Costa, Tatiana Neves, Dimas Gianuca

Resumo


Os albatrozes são o grupo mais ameaçado de extinção dentre as aves marinhas. Dentre os fatores responsáveis pelos declínios populacionais do grupo, destaca-se a interação com as pescarias de espinhel pelágico. Neste trabalho, apresentamos a maior série temporal de distribuição e abundância de albatrozes gigantes Diomedea associados à frota de espinhel pelágico do sul e sudeste do Brasil. Foram monitorados 912 lances de pesca entre 2002 e 2017 entre 35-52ºO e 23-46ºS, no outono/inverno, e 28-51ºO e 20-36ºS no período primavera/verão. Foi registrada a presença de albatrozes gigantes em 41,4% do total de lances de pesca amostrados, em 44,1% dos lances de outono/inverno e em 35% dos lances de primavera/verão. Foram registrados 740 indivíduos de albatrozes gigantes. Diomedea spp. foi a categoria mais abundante no período de outono/inverno, seguidos por D. exulans/dabbenena, D. sanfordi e D. epomophora. No período de primavera/verão, D. exulans/dabbenena foi a categoria mais abundante, seguido por Diomedea spp., D. epomophora e D. sanfordi. Os padrões de frequência de ocorrência e abundância indicam a presença de albatrozes-gigantes ao longo de todo o ano em águas brasileiras, concentrando-se na região da quebra da plataforma continental no outono/inverno, e na região da elevação de rio grande no período de primavera/verão. A sobreposição das áreas de forrageio das aves com as áreas de pesca oferecem um risco à conservação das populações do gênero Diomedea e devem ser monitoradas.

Palavras-chave


Abundância, Albatroz, Brasil, Distribuição, Espinhel

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Para visualisar/abrir os manuscritos da revista (arquivos PDF) é necessário o software Acrobat Reader. Se você não possui este software, clique aqui para fazer o download da versão atualizada, em português. O software é gratuito e de fácil utilização.

________________________________
Copyright © 2010-2015 CEMAVE/ICMBio.
OJS - Open Journal Systems customizado pelo Núcleo de Tecnologia da Informação/CEMAVE.
Utilizada a tradução do SEER-IBICT para o Português-Brasileiro.

(Recomendamos utilizar o Mozilla Firefox , Google Chrome e resolução mínima 1024 x 768 pixels)