Abundância e diversidade da avifauna no campus da Universidade do Vale do Itajaí, Santa Catarina

Tuane Cristine Pinheiro, Joaquim Olinto Branco, Felipe Freitas-Júnior, Severino Mendes de Azevedo-Júnior, Maria Eduarda Larrazábal

Resumo


ABSTRACT. Abundance and diversity of the avifauna at the campus of the University of Valley of Itajaí, Santa
Catarina. Aiming to characterize the composition of the avifauna that occurs in UNIVALI, their abundance and diversity,
monthly censuses were accomplished, during the period of January 2004 to December 2005, through the direct method
of observation with binocular aid. 6589 birds were sighted, distributed in 24 families, 46 genders and 51 species. Tyrannidae and Thraupidae were the most several families, while Passeridae and Estrildidae contributed with the largest abundances, being Passer domesticus and Estrilda astrild the dominant species. In relation to the occurrence, was observed the prevalence of the occasional ones, following by the regular and seasonal. The diversity indexes and equitabilidade presented patterns similar of flotation, being the Area II and the morning period, the responsible for the largest values. The index of Jaccard revealed a larger similarity in the composition of the avifauna between the Áreas I and II and among the periods of Half day and Late. The guilda of the insectivorous and omnivorous was predominant in the alimentary habit of the birds. Of the 51 registered species, thirteen use the university as a reproduction area, and seven obtained reproductive success, what reinforces the importance of UNIVALI, in the maintenance and conservation of the local avifauna.

KEY WORDS. Birds, campus, composition, conservation.

RESUMO. Objetivando caracterizar a composição da avifauna que ocorre no Campus da UNIVALI sua abundância e
diversidade, foram realizados censos mensais, durante o período de janeiro de 2004 a dezembro de 2005, sendo utilizado o método direto de observação com auxilio de binóculo. Foram realizados 6589 contatos, distribuídos em 24 famílias, 46 gêneros e 51 espécies. As famílias Tyrannidae e Thraupidae foram as mais diversas, enquanto que Passeridae e Estrildidae contribuíram com as maiores abundâncias, sendo Passer domesticus e Estrilda astrild as espécies dominantes. Em relação à ocorrência, registrou-se predomínio de espécies ocasionais, seguida de regulares e sazonais. Os índices de diversidade e equitabilidade apresentaram padrões semelhantes de flutuação, sendo a Área II e o período matutino, os responsáveis pelos maiores valores. O índice de Jaccard revelou uma maior similaridade na composição da avifauna entre as Áreas I e II e entre os períodos Meio Dia e Tarde. A guilda dos insetívoros e onívoros foi a predominante no hábito alimentar das espécies. Das 51 espécies registradas, treze utilizam o Campus como área de reprodução, sendo que sete obtiveram sucesso reprodutivo, o que reforça a importância da área amostrada na manutenção e conservação da avifauna local.

PALAVRAS-CHAVE. Aves, campus, composição, conservação.


Palavras-chave


Aves; campus; composição; conservação

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Para visualisar/abrir os manuscritos da revista (arquivos PDF) é necessário o software Acrobat Reader. Se você não possui este software, clique aqui para fazer o download da versão atualizada, em português. O software é gratuito e de fácil utilização.

________________________________
Copyright © 2010-2015 CEMAVE/ICMBio.
OJS - Open Journal Systems customizado pelo Núcleo de Tecnologia da Informação/CEMAVE.
Utilizada a tradução do SEER-IBICT para o Português-Brasileiro.

(Recomendamos utilizar o Mozilla Firefox , Google Chrome e resolução mínima 1024 x 768 pixels)