Aves de sub-bosque de uma área de Mata Atlântica de baixada do sudeste do Brasil

Alan Loures-Ribeiro, Marco Antonio Manhães, Manoel Martins Dias, Sidney José Costa-Neto, Marcelo Antonio de Assis Silva, Helines Moreira Ribeiro, Natalia Fraga Lima

Resumo


ABSTRACT. Understorey birds in an area of the lowland Atlantic Forest, southeastern Brazil. Understorey birds were mist-netted in two distinct successional stages forest patches, during the dry season, from a large tract of lowland Atlantic Forest of the Doce River Valley, southeastern Brazil. The aims were: i) to know the specific composition of the understorey birds of two forest patches; ii) to analyse the avifauna structure from capture data; iii) to compare the capture rates between patches. We performed 3400 hours of sampling effort. We captured a total of 146 birds of 38 species. The total number of recaptures was 34.1% (n = 50). Among all the species captured, 16 (42.1%) and 14 (36.8%) occurred exclusively in the mature and disturbed forest, respectively. The richness and the total number of individuals captured in the two patches of forest did not differ among themselves. Insectivorous birds predominated in two patches. Habia rubica was confirmed as a new record for the Rio Doce State Park. Our data suggest that low number of birds in the understorey may be a characteristic of the forests of the Doce River Valley. Some species were less captured in the disturbed forest, suggesting a lower tolerance to modified habitats.
KEY WORDS. Birds, South America, Neotropical Forest, Mist Nets, Capture Rate.

RESUMO. Durante a estação seca de 2006 foram amostradas as aves de sub-bosque de uma área de Floresta Atlântica de baixada do Vale do Rio Doce, Minas Gerais, Brasil. Os objetivos do trabalho foram: i) investigar a composição específica da avifauna de sub-bosque de dois trechos de floresta em diferentes estágios sucessionais; ii) analisar a estrutura da avifauna de sub-bosque a partir dos dados de captura das aves; iii) comparar as taxas de captura da avifauna entre os dois trechos de floresta. Um total de 3400 horas/rede foram gastas durante as amostragens, sendo capturadas 146 aves de 38 espécies. O total de recapturas foi de 50 (34,1%) indivíduos. Entre as espécies capturadas, 16 (42,1%) e 14 (36,8%) ocorreram exclusivamente nos trechos de floresta madura e perturbada, respectivamente. A riqueza e o número total de indivíduos capturados nos dois trechos de floresta não diferiram entre si. A guilda de insetívoros predominou nos dois trechos florestais amostrados. Habia rubica foi confirmada como um novo registro para o Parque Estadual do Rio Doce. O baixo número de aves presentes no sub-bosque é uma característica regional das florestas do médio rio Doce. Algumas espécies foram menos capturadas no trecho de floresta perturbada, sugerindo menor tolerância a hábitats modificados.
PALAVRAS-CHAVE. Aves, América do Sul, Floresta Neotropical, Redes de Neblina, Taxa de Captura.


Palavras-chave


Birds; South America; Neotropical Forest; Mist Nets; Capture Rate; Aves; América do Sul; Floresta Neotropical; Redes de Neblina; Taxa de Captura

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Para visualisar/abrir os manuscritos da revista (arquivos PDF) é necessário o software Acrobat Reader. Se você não possui este software, clique aqui para fazer o download da versão atualizada, em português. O software é gratuito e de fácil utilização.

________________________________
Copyright © 2010-2015 CEMAVE/ICMBio.
OJS - Open Journal Systems customizado pelo Núcleo de Tecnologia da Informação/CEMAVE.
Utilizada a tradução do SEER-IBICT para o Português-Brasileiro.

(Recomendamos utilizar o Mozilla Firefox , Google Chrome e resolução mínima 1024 x 768 pixels)